terça-feira, setembro 07, 2010

Saudades...


Ah como eu queria, ter sonhado com você esta noite, eu acordei, e senti uma decepção imensa, eu não sonhei com você, eu deveria ter sonhado, eu queria ter sonhado, eu queria ter visto você, seu rosto, nem que fosse mesmo o sonho, ter matado um pouco a saudade...

Você ontem faria aniversário, e ah, como doeu lembrar-me disso e não poder ter abraçar, não poder te mandar as mensagens que eu sempre lhe mandava, você foi como uma mãe pra mim, e me faz falta, sempre vai fazer, eu te amo demais, e cada vez que eu vou à sua e não te vejo lá, a saudade vai se tornando maior, maior e maior. Eu sei que você não me quer assim, mas eu não posso escolher entre querer ou não, é uma coisa que eu sinto, é uma falta que eu sinto, e eu queria não sentir, eu precisava não sentir...

Sempre do meu lado eu sei que você vai estar, minha estrela guia, e eu nunca me esquecerei dos dias em que você ainda estava aqui, conosco, do seu sorriso, dos almoços na minha casa com a família toda aqui, e principalmente, daquele último almoço que você veio aqui, tinha jogo do Brasil, juntou todo mundo pra assistir, a gente apostando quem ia ganhar, meu aniversário, foi o melhor almoço que já tivemos, você sempre foi tão presente na minha vida, de 15 aniversários meus, você só não veio em dois, o 1º ano passado, você estava internada, e o 2º esse ano, você já não estava mais entre nós :/, mas mesmo assim, eu te amo demais, eu sinto saudades, mas eu nunca me esqueço de você, nunca me esquecerei, você é especial demais para ser esquecida. Eu te amo demais, e nem a morte vai acabar com o carinho que eu sinto por você

[feliz aniversário por ontem, e eu sinto a sua falta :/ ]

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.