terça-feira, junho 29, 2010




É incrível como você tem a capacidade de me fazer sentir mal, de me fazer chorar, você às vezes parece que não tem coração, parece que não tem nenhum sentimento por mim, e isso machuca, machuca muito, de uma forma que eu não sei nem explicar, que eu não sei segurar. Ontem eu prometi, prometi pra mim mesma nunca mais chorar, por nada que fosse, eu tenho que ser forte, e você me vem com isso, com esses chingamentos, você gosta mais dos cachorros do que de mim, eu sinto falta de um abraço sabia? mas não de um abraço qualquer, eu sin to falta do seu abraço, que há anos eu não tenho, eu sinto falta de ouvir um “eu te amo” vindo de você, eu nunca mais tive isso, nunca, desde que eu deixei de ter 4, ou 5 anos, eu nunca mais tive isso, e você sabe o quanto dói? não, não sabe, eu queria que soubesse, eu queria que você visse o quanto é ruim querer um abraço e não ter, o quanto é ruim dizer eu te amo e não receber de volta! Você está me magoando a cada dia mais, eu não tenho mais vontade de ficar perto de você. Você, seu rosto, sua voz, tudo está me dando enjôos, eu quero distancia de você! Só isso que desejo DISTÂNCIA!
sexta-feira, junho 25, 2010

Hoje fechei meus olhos e me lembrei de você, do seu sorriso, de nós dois juntos, rindo, cantando, eu fechei meus olhos e sorri, sorri como nunca sorri antes, mesmo sem você do meu lado, eu senti como se fosse estivesse ali, comigo, me abraçando, me fazendo sorrir, é, você é o motivo do meu sorriso, o meu sonho de todas as noites, é você quem me traz essa vontade de ser feliz, essa vontade de estar sempre por aqui, é você quem me faz querer escrever coisas que eu nunca escrevi, eu não consigo, não sei porque, te dizer tudo isso, te falar o quanto você é importante para mim, o quanto você me faz feliz. Mesmo distantes sinto você do meu lado, é como se eu sentisse seus abraços, seus beijos, você é o meu anjo, meu chão...
quinta-feira, junho 24, 2010

I miss and love you ♥


Eu estou aqui, de novo, pensando em vocês, pensando em nós, em no quanto vocês foram importante na minha vida. Eu sinto saudades daqueles dias em que vivíamos rindo, felizes, eu sinto saudades de vocês, saudades das brincadeiras de crianças, de correr com vocês pela rua, de chamar todo mundo de ‘tia’ de ter as nossas professoras preferidas. Infância, ah, bons tempos :S crescemos, descobrimos o que realmente é a vida, e cada uma seguiu seu rumo, amigas, melhores amigas para sempre, eu amo vocês, sim, eu amo, vocês fazem parte de cada pedacinho das minhas lembranças, das minhas alegrias. Corremos, gritamos, rimos, as vezes choramos, mas estávamos juntas, sempre juntas, cada uma está em um lugar agora, estamos separadas por distancias, mas unidas pelo nosso coração, que é 5 em um só, pra sempre vocês serão as melhores, as mais amadas, as da infância, as mais importantes <3

Especial para: Marilha Lauana, Amanda Cristine, Ana Paula Luchese, Ana Claudia Paixão, e completando as cinco eu *-*

Do not ever let :/


Hoje eu senti, sim senti, aquela angústia voltando a me rondar, o medo de te perder ficando cada vez maior, os dias estão passando, o tempo está diminuindo cada vez mais, eu te amo, te amo de uma forma que eu não sei nem mesmo explicar, você me fará falta, eu não gosto nem de lembrar destes dias que teremos que nos distanciar, como eu vou fazer pra ficar sem você? sem os seus abraços, seus sorrisos, isso vai me destruir, eu sei :( Como pôde você se tornar tão importante assim em tão pouco tempo? você me faz querer viver, me traz a vontade de sorrir, eu tenho tanto medo de te perder, tanto medo de você me deixar, de você se esquecer de mim, esquecer que um dia eu te amei, que eu te amo, e que sem você eu não me imagino mais vivendo, você é simplismente o meu anjo, é você quem me dá uma base para sorrir, se não fosse por você, ah, eu não sei o que eu seria hoje, eu te amo, te amo tanto, sem você o dia não tem graça, não existem sorrisos sem você por perto, não me deixe nunca, por favor ;/
terça-feira, junho 15, 2010

I love you ♥


Cada instante com você não tem explicação, você me completa, me fascina, me faz querer viver mais e mais. Você é um anjo que entrou em minha vida, eu te amo de uma forma como nunca amei alguém, só de pensar em te perder já sofro, eu não quero, eu não posso mais viver sem você. Cada instante, cada minuto, cada segundo, você foi se tornando cada vez mais especial, eu sei que tudo isso pode não ser real, mas me faz feliz, me faz sorrir quando o meu mundo está desabando. Sem você eu não sei o que faria, não sei nem mesmo se eu sobreviveria, eu te amo, eu te amo muito, de uma forma que eu não sei explicar, que não tem como decifrar, meu amor por você não tem medidas, não tem fim, você é exatamente tudo pra mim, minha paz, meu amor, meu sorriso, minha vida...
segunda-feira, junho 14, 2010
Eu me escondo aqui,
em meu quarto,
minha cama, me escondo aqui,
chorando, sofrendo...

Eu não sei o que fazer,
não consigo suportar,
nem mesmo entender,
de onde veio tudo isso, alguém pode me dizer?

Eu fecho os meus olhos e sinto as lágrimas
que escorrem como uma cachoeira,
elas doem como nunca deveriam doer,
machucam como nada mais me machucaria.

Continuo aqui sozinha,
chorando, sofrendo,
sem ter para onde ir,
sem poder fugir daqui...
quinta-feira, junho 03, 2010


Eu já não tenho mais tanta certeza de algumas coisas, palavras ultimamente têm sido fardos a carregar, eu não sei mais dos meus sentimentos, estou me perdendo em meu próprio mundo, caindo em um abismo que acredito que não tenho volta. Já não falo mais aquilo que penso, já não penso mais aquilo que falo, tenho vontade de dizer coisas que nunca alguém tenha dito, vontade de ficar calada as vezes, deitar em meu canto quieta, e chorar, apenas chorar, sem ninguém para me ouvir nem ver esse meu sofrimento. Eu não quero que me vejam sofrer, não quero que sintam dó de mim, eu não preciso de dó, eu preciso de apoio. Eu quero que acreditem em mim, que botem fé de que eu sou capaz de melhorar, mas não, sempre me julgam, me acusam, nem me conhecem e já me odeiam, assim eu não tenho nem o que fazer, nem como me modificar...
terça-feira, junho 01, 2010

I need...



Eu já tinha me acostumado com essa tal vontade de chorar, com esse ódio que as pessoas sentem de mim, eu preciso desabafar, preciso de você perto de mim, eu preciso de tanta coisa, preciso de alguém pra me dizer um simples ‘eu te amo’ mas que no momento pode se a única expressão que pode me salvar, eu estou em um abismo, eu sinto isso, e não sei como sair. Que tal se me julgassem um pouco menos e me conhecessem um pouco mais? Eu não sei onde foi parar toda aquela felicidade que um dia eu já senti, eu não tenho mais vontade de sorrir, não quero mais sair daqui, eu quero um lugarzinho só pra mim, um canto em que ninguém me ache porque se for pra me humilharem como sempre, eu prefiro, sim, eu prefiro ficar sozinha sem ninguém para conversar. Segundas chances foram feitas para serem dadas, onde foram parar as que estavam destinadas a mim? :/

Eu preciso de uma abraço...

Eu já me acostumei com isso,
com as palavras que magoam,
com as feridas no peito,
e as lágrimas presas em meus olhos.

Esses nós na garganta são os piores,
esses sorrisos falsos me fazem sofrer,
eu não quero mais segurar minhas lágrimas,
nem esconder a minha dor.

Eu quero deitar sozinha,
chorar, eu quero um abraço amigo,
um alguém pra me apoiar,
talvez não precise nem apoiar, mas que ao menos me ouça.

Eu não quero mais sorrir sem vontade,
não quero mais enganar quem eu amo,
quero poder ficar sozinha sem ninguém por perto,
e ao mesmo tempo quero um amigo pra me abraçar...

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.