quarta-feira, outubro 27, 2010

é só você ;

Eu me sinto como se houvesse perdido, eu me sinto perdida na verdade, perdida em meus próprios pensamentos, eu sinto a sua falta, você sabe, eu sinto muito a sua falta, e eu sinto saudades de tantas as vezes que você me ouvia que me chamava de fresca, e eu fico aqui sempre, lendo e relendo históricos de conversas, e eu fico me lembrando de como era bom tudo aquilo, de como me fazia bem, e como me fazia feliz.

Eu sei, eu sei muitas vezes já me falaram que isso é idiotice, que eu devo te esquecer, mas eu só, não consigo tirar do meu coração um sentimento tão forte, e nem posso controlar meu coração para ele não bater tão forte quando falo com você, e eu não consigo controlar as lágrimas para elas não descerem pelo meu rosto com tanta facilidade, eu só preciso de você, você sabe disso, que com você ao meu lado tudo mudaria, que a felicidade voltaria, eu sinto a sua falta, sinto tanto a sua falta, você não tem idéia do quanto sinto saudades.
Esses históricos, eles me lembram tantas coisas, de tantos momentos, eu sempre choro quando os leio, eles me fazem ter a certeza de que a culpada de tudo fui eu, eles são como homens com espadas apontando para mim e gritando: “É CULPA SUA! FOI POR SUA CULPA QUE TODO ESSE SONHO ACABOU! SUA IDIOTA, BURRA!”. Eles me condenam de uma forma que até eu mesma me assusto algumas vezes, eu não quero ser tão condenada, eu quero me redimir, eu quero conseguir te conquistar de volta, sim eu quero, eu preciso de você, isso pode até soar um tanto quanto egoísta, mas esse sentimento é egoísta de todas as formas, eu só preciso de você pra me fazer feliz, eu não quero mais seguir a minha vida, não eu não quero, eu quero você ao meu lado pra me fazer sorrir, eu quero os seus abraços, o seu sorriso, a sua voz, são essas coisas que me deixam feliz, mas tem que ser vindo de você, de qualquer outro não fará a diferença, é só você que importa.

E eu sou capaz de dar a minha vida pra te ver feliz, eu sou capaz de largar tudo pra correr atrás da minha felicidade ao seu lado, muita gente já me falou que sou doida, mas não eu não acho, eu só tenho a minha opinião formada, e nela tem uma parte que diz pra mim mesma que eu devo correr atrás dos meus sonhos, custem eles o que custar, eu só espero a oportunidade certa, porque eu não quero correr atrás da minha felicidade para destruir a felicidade de outras pessoas, eu sei que sempre alguém vai se magoar, mas que eu magoe o mínimo de pessoas possível.


E eu quero que você guarde essas palavras, e que tenha a certeza de que Sim, um dia eu ainda irei aí, eu ainda irei te ver, e eu poderei estar com você o tempo todo, e eu nunca me esquecerei do quando é você que me faz sorrir, do quanto é você que me faz feliz.



4 comentários:

bia santos disse...

Se uma pessoa te ama de verdade, jamais te fará sofrer.
Nada como um dia após outro dia...tudo passa...a dor, o sofrimento, tudo é passageiro...
Parabéns pelo blog!

Prêmio M3 disse...

eu não sei mas, não confio tanto, cegamente em ninguem mais..
desilusão sbe..


www.premiom3.com
GANHE R$ 100,00 COM SEU BLOG
PARTICIPE DO" MELHORES DE 2010"

http://www.premiom3.com/2010/09/inscreva-se-ja.html

Tkaniam disse...

Olá! Primeiramente, vim agradecer pela visita ao blog. Mas, como leitor ocmpulsivo que sou, não deixei de ler algumas postagens suas em meu tempo livre - que está ficando cada vez mais raro.

Adorei as postagens. Você tem afinidade com as palavras, abraça elas e não simplesmente as usa, o que é essencial para um escritor. As idéias - muito embora algumas delas já bem batidas por aí - podem gerar ótimos frutos, tanto para você quanto para os seus leitores. Continue com o trabalho, e eu seguirei, para ler o que tem por aí. Deixo, o mesmo conselho que deixei para a Nana, que tal uma estória completa? Início, meio e fim. Essa é a divisa que se deve cruzar, para seu mundo literário se ampliar aos montes.

Nana disse...

Um dia você vai acordar e perguntar a si mesma como pode sentir aquelas coisas por alguém tão idiota.

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.