domingo, outubro 17, 2010
Eu não sei como, e nem o porquê de tantas pessoas acreditarem na existência desse tal “amor”, ele não existe, não tem por que ele existir, o amor sempre nos traz tristezas, lágrimas e mágoas, no inicio, é aquela felicidade toda, é o sonho de que tudo vai ser assim pra sempre, e não demora muito, tudo se destrói o amor, o carinho, o sorriso, e o seu coração se despedaçam de uma forma que você não está mais conseguindo o remontar, e assim, a gente fica, com o coração despedaçado, e perde todo aquele encanto do amor. Eu não acredito de amor. Por quê? Porque amor que é de verdade, não deveria machucar, não deveria fazer doer, fazer chorar, amor que é de verdade, não iria querer só uma amizade no lugar de estar juntos, namorando, amor que é de verdade, não ignora, não grita, não fala mal e não humilha a pessoa amada.
Muitas vezes, já me falaram que sim, o amor existe, mas eu ainda não acredito, eu não tenho porque acreditar! Nunca vi esse tal amor incondicional existir, isso é pura tolice! O amor não existe, e se talvez exista, onde ele está?!

video

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.