domingo, maio 30, 2010

I want an end now.




Eu fecho os meus olhos e te sinto ao meu lado, mas eu queria poder te ver, poder te abraçar, é uma saudade imensa, uma vontade tão grande de chorar que sinto, mas, mesmo assim, ao mesmo tempo que tenho essa tal vontade de chorar eu não consigo, eu sinto que não posso chorar, sinto que tenho que me manter forte, sem você aqui estou me sentindo sem chão, eu não sei o que fazer, eu preciso de você, sim eu preciso muito de você, do seu abraço, eu não sei o que fazer sem você aqui para me amparar, eu quero poder te abraçar e chorar, tirar todo esse peso que estou carregando em minhas costas, eu não agüento mais tudo isso, eu quero um fim, eu quero um fim agora, eu não quero mais sofrer, eu não quero mais essas pessoas me tratando como se eu fosse um lixo, eu preciso do seu abraço, eu preciso do seu apoio, eu preciso de você...
sábado, maio 29, 2010

Dreamy Girl (garota sonhadora)




Hoje acordei assim, viajando em meus pensamentos, sonhando, sorrindo, o que será isso afinal? Eu não sei, mas eu sei de uma coisa: parece que hoje o dia vai ser feliz, tomara que sim, hoje me sinto bem apesar de coisas que eu ouvi essa semana, apesar de mágoas que ainda me rondam, eu tenho que superar tudo isso, eu preciso sorrir, existem pessoas as quais eu me importo muito que querem me ver sorrir, eu fiz promessas preciso cumpri-las eu não vou chorar hoje, pelo menos espero que não chore, hoje eu quero sorrir, quero cantar, pular e dançar, quero ser feliz... Sonhei essa noite com momentos tão bons, tão alegres, deve ser isso que me deixou assim, feliz, dispersa, sonhadora...
domingo, maio 23, 2010

Eu sou de fases...




Eu sou de fases, mudo a cada instante, as vezes tenho o mesmo humor o dia todo, as vezes sorrio e choro em diferentes horas, por diferentes motivos. Acordo triste, ao meio-dia estou alegre, eu sou de fases, sou de lua, nem eu me entendo as vezes. São sentimentos mútuos, sentimentos mal resolvidos, são os risos que se transformam em lágrimas até o ponto em que não consigo mais nem sequer chorar... É eu acordar e me sentir a pessoa mais feliz do mundo e ao sair de dentro do meu quarto já mudar ao ver que o dia na verdade vai ser um dos piores que já tive, e isso sempre acontece, quando eu noto, sempre acontece, poderia ser diferente, poderia ser mais feliz. Eu mudo de repente, eu sorrio e choro do nada, eu me lembro de coisas, de paixões, de amizades que me fazem bem, ou que me fazem chorar, eu sinto saudades, eu não sou mais um alguém sem sentimentos como muitos pensam, eu tenho sentimentos, eu vivo, não tenho coração de pedra, mas ele também não é de manteiga, eu tenho que saber viver, eu não posso me doar a qualquer um e sair sempre chorando no final da história, eu sou eu mesma, não me modifico por ninguém.
sábado, maio 22, 2010

I miss you and I want everything back.



Eu sinto falta de amigos presentes, de sorrisos constantes, de alegrias diversas. Sinto falta de risos, de riscos, de sonhos, olhares. Sinto falta de amigos antigos, de abraços apertados, dos sonhos mal resolvidos. Essa noite chorei tanto lembrando aqueles dias, dos melhores da minha vida, da minha infância, das minhas amigas, dos meus amigos, chorei ao lembrar de que um dia eu já me senti a pessoa mais feliz do mundo. Onde estão as pessoas? Para onde foram esses tais amigos? Eu preciso deles agora poxa! Eles me fazem falta, me fazem muita falta. Onde estão os meus sorrisos? Eles estavam aqui ontem mesmo ao ouvir os elogios que sempre quis ouvir, porque eles saíram de mim? Eu quero meus sorrisos, meus sorrisos verdadeiros, não esses falsos que são únicos que podem sair no momento. Eu quero orgulhar alguém por algo que eu fiz, eu quero me superar de novo, mas como? Quando tudo está dando errado, quando eu me vejo perdendo alguém e não posso nem fazer nada, me sinto perdida, me sinto desolada. Eu quero meus amigos, meus sorrisos, os abraços apertados, eu quero os sonhos mesmo que pequenos, quero as noites mal dormidas pensando em pequenas brigas, quero 1 hora no telefone rindo, eu quero voltar a ser feliz mas com a pessoa que sou agora, eu quero, eu não só quero, eu PRECISO dos meus amigos. :’(
sexta-feira, maio 21, 2010

de onde está vindo todo esse ciúme?



Você não tem idéia do quão nervosa fico a cada instante que ouço alguém falando de ti, você não sabe de nem metade todo esse ciúmes que sinto de você, eu não estou mais suportando ver a pessoas tão perto assim de você, pessoas que chegaram agora em sua vida e que estão tomando o meu lugar, a minha importância pra você. Quando você me vê, nem olha mais direito pra mim, não me recebe mais com aquele ‘oi’ super animado e aquele sorriso no rosto, aliás nem me recebe mais, estão tomando o meu lugar ao seu lado, eu estou vendo isso, e eu não estou gostando, é tão difícil me segurar pra não fazer besteiras, eu não quero, eu não posso te dizer de todo esse ciúmes, mas eu sofro. Sofro sozinha e quieta em meu quarto, e me corrôo por dentro todas as vezes que vejo alguém conversando com você, que vejo alguém tomando o meu lugar, a minha importância pra você...
quinta-feira, maio 20, 2010

e por você eu choro tanto todas as noites...



Eu sinto tanta falta de você, tantas e tantas vezes eu tentei te esquecer, esquecer esse amor sem medidas, essa amor sem fundamentos, eu queria uma realidade a mais, uma verdade a mais, eu te amo tanto e você nunca nem ligou pra isso. Eu passo noites chorando com essa saudade enorme que sinto de você, a minha maior vontade é ter o seu abraço novamente, o seu beijo, eu quero o seu olhar junto ao meu, seu sorriso iluminando a minha vida, sua voz que soa como música boa aos meus ouvidos, que me faz viajar, me faz flutuar sem tirar os pés do chão, o seu abraço me faz sentir protegida de uma forma que não me sinto com mais ninguém, você é meu tudo, minha base, minha vida, sem você eu simplesmente não sei viver...

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.