sábado, outubro 02, 2010

Duas partes de um só.


[não foi feito exatamente para fazer sentido! ]

Estou presa novamente em meus devaneios sem sentido, já não derramo mais aquelas antigas lágrimas, mas ainda sinto falta, sinto uma imensa falta de coisas de antes, de momentos em que eu fui extremamente e irrevogavelmente feliz! Eu já não sei mais o que são lágrimas, mas meus sonhos não se foram, meus medos continuam aqui, me rondando, me fazendo sofrer intensamente dentro de mim mesma, agora é como se eu estivesse presa, se alguém tivesse me acorrentado dentro de mim mesma, eu não posso mais expor esse sentimento, mas eu também não quero o fazer, mas algo dentro de mim grita, talvez seja eu mesma gritando, pedindo para sair, pedindo encarecidamente para me libertarem desse mundo em que tudo me prende tudo me faz querer chorar.

Eu sorrio por fora, e choro por dentro, daqui de dentro parece que tem outra pessoa lá fora, parece que alguém se apoderou de mim e está sendo feliz, mas sou eu, é uma parte de mim, eu sei que é, mas e essa parte aqui dentro? De onde ela veio? Para onde ela irá? Ela está sofrendo, chorando sem parar, está perdendo suas poucas e restantes forças, e quando ela não resistir mais? O que irá acontecer afinal? Eu quero saber, eu preciso saber me preparar, e se ela explodir? Essa parte feliz também irá se autodestruir pela tristeza? Não pode, não pode mesmo, ela tem de ser feliz, eu tenho de ser feliz, eu preciso dessa parte feliz, eu tenho de matar essa parte triste dentro de mim, ou pelo menos adormecê-la por certo tempo, eu só sei que ela não pode continuar ali, chorando, sofrendo, isso me atormenta.

Eu quero sorrir também, grita a parte de dentro aos prantos, eu quero sorrir também! E a parte de fora só responde em pensamento: então sorria, pare de chorar, esqueça daqueles que te fizeram sofrer, e sorria, lembre das coisas boas e apenas sorria, esqueça o passado, e sorria, somente sorria! Mas eu não consigo! Não consigo! Respondia a parte de dentro chorando muito, e ela recebeu uma longa e dura resposta: é por isso que não consegue, por todo esse seu pessimismo, por causa da sua teimosia, de querer sempre só a sua vontade, não dá pra pensar um pouco nos outros? Você é muito egoísta, por isso é tão triste! A todo o momento você só está pensando em você mesma, é isso que te estraga que faz os outros se afastarem, é isso que te faz sofrer! Eu aqui dentro, consegui apenas ficar calada, quieta, e chorava cada vez mais, essas palavras doeram tanto, me feriram completamente, foram como facadas...


1 comentários:

Sra Wayne disse...

Cara não sei o que causou isso em você,nem posso te dizer como vai passar,nem se vai passar.Na verdade seu texto não faz muito sentido,mas quando eu li reconheci o que você sente,pois eu já senti algo igual ou muito parecido,pois fiz textos com a mesma triteza e incompreendivel para quem está alheio a isso.
Espero que passe como em mim passou,mas devo ser sincera,talvez não passe nunca,só depende realmente de você

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.