quinta-feira, junho 03, 2010


Eu já não tenho mais tanta certeza de algumas coisas, palavras ultimamente têm sido fardos a carregar, eu não sei mais dos meus sentimentos, estou me perdendo em meu próprio mundo, caindo em um abismo que acredito que não tenho volta. Já não falo mais aquilo que penso, já não penso mais aquilo que falo, tenho vontade de dizer coisas que nunca alguém tenha dito, vontade de ficar calada as vezes, deitar em meu canto quieta, e chorar, apenas chorar, sem ninguém para me ouvir nem ver esse meu sofrimento. Eu não quero que me vejam sofrer, não quero que sintam dó de mim, eu não preciso de dó, eu preciso de apoio. Eu quero que acreditem em mim, que botem fé de que eu sou capaz de melhorar, mas não, sempre me julgam, me acusam, nem me conhecem e já me odeiam, assim eu não tenho nem o que fazer, nem como me modificar...

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.