sexta-feira, agosto 20, 2010

Vícios.


Eu enfim deixei as lágrimas escorrerem pelo meu rosto... Ouvir aquelas suas palavras, foi pior do que se você tivesse me ferido fisicamente, eu não sei mais o que pensar de você, aquelas palavras soaram tão piores do que na realidade são quando foram ditas por você, e isso me magoou, magoou bastante, mais do que deveria ser... Eu fechei meus olhos e deitei, ouvindo minhas músicas favoritas e lembrando, e relembrando de cada instante que tive com você. A sua voz, o seu sorriso, o seu olhar, tudo se misturou na minha mente, as suas palavras de amor, eu não sei mais quem é quem, nem o que é o que, eu preciso de você para me guiar novamente, para me ensinar a viver sem ter você, para eu reaprender a viver sem você, porque você se tornou um vicio pra mim, vicio bom ou ruim? Não sei, você é um vicio agora, um vicio ao qual eu não tenho mais forças para deixar...

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.