sexta-feira, julho 09, 2010

Você me faz querer viver...


Você chegou assim, simples, amigo, carinhoso, você veio quando eu estava precisando, me fez sorrir tanto quando eu só queria chorar, você me deu a alegria de viver, foi você quem me falou o “eu te amo” que eu tanto estava precisando ouvir; foi me conquistando aos poucos, me fazendo ver o quão sortuda eu sou de ter você ao meu lado, de ter o garoto que todas querem, ao meu lado, eu senti ciumes e você não gostou, a gente brigou, e nessa briga nós dois nos machucamos, mais você do que eu, eu te peço desculpas, eu te imploro perdão todas as vezes que nos vemos, eu quero te fazer feliz tanto quanto você me faz feliz, eu não quero te magoar tanto, eu não gosto de você tão frio comigo, tão distante das nossas conversas, são essas brigas bestas que estão nos magoando, que estão nos afastando, eu não quero me afastar de você, nunca, eu não quero te deixar, mesmo que sem os seus beijos, seus abraços, eu não quero ficar sem você, garoto que acabou se tornando a minha base para viver, o seu sorriso, as suas palavras são o que mantém, eu nunca imaginei que poderia ficar assim, nunca imaginei que você me deixaria assim, e me deixou, e eu te amo, te amo de uma forma como nunca amei alguém.

Eu tenho velhas cicatrizes no peito que antes latejavam todas as noites, mas com você por perto eu não sinto mais elas, você me faz sorrir seja lá como ou quando, você me faz sorrir sempre, com esse seu jeito encantador, com seu sorriso meigo, você fez os meus dias mais alegres, as minhas noites mais calmas, o meu olhar mais brilhante, fez os meus sonhos voltarem, a minha vontade de estar feliz voltar, você me faz sentir bem, me faz querer viver, eu te amo muito meu amor ♥

Você me faz querer viver, e o que é nosso está guardado em mim, e em você, e apenas isso basta - Nx Zero - Cedo ou Tarde

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.