terça-feira, janeiro 12, 2010

A vida...


 

Eu fui criada acreditando que sonhos, fadas, anjos, e tudo surreal existia e aos poucos fui descobrindo que nada disso era real, aprendi, me conformei e levo estas lembranças comigo. Vivi uma infância que muitas crianças gostariam de ter, e antes eu não me dava conta disso, agora paro e penso em como eu fui, e sou feliz por viver do forma que vivo. Andando pela rua, vejo crianças com o olhar triste e nesse olhar podemos ver o quanto essas crianças gostariam de ter pelo menos um pão para comer de manhã, e então vem o aperto no peito de saber que quem pode ter todas essas regalias ainda reclama e nunca para pra pensar que existem pessoas no mundo que não tem nem o pão para comer, que os que tem ficam reclamando. A vida não é balanceada em direitos sociais como deveria ser, existem pessoas ricas demais e pessoas pobres demais, mas sabe, as pessoas pobres em dinheiro algumas vezes são ricas em esperança, em coragem, em amor, em felicidade, já as pessoas ricas podem até ter muito dinheiro mas não carregam em seu coração a alegria de amar e ser amado verdadeiramente. Então, quando você for reclamar de alguma coisa, primeiro pense que você é um dos privilegiados por ter algo para reclamar, e então ao invés de reclamar de tudo, agradeça a tudo, e de graças a Deus por ter o comer, ter onde morar, porque se até os que não tem nada disso não reclamam, onde você encontra o direito de reclamar ?

1 comentários:

Ju Fuzetto disse...

Flor

A vida é uma dádiva...

Busque a felicidade nos mais simples gestos de carinho, faça o bem...
E seja feliz!!

beijo

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.