terça-feira, novembro 06, 2012

Queridos e importantes amigos


Eu sempre soube que esse dia chegaria e que ele não seria nada fácil. Eu sempre soube que eu choraria como uma criança, e meu coração se apertaria ao lembrar o que aconteceu, mas o que eu não sabia é que não seria difícil só pra mim, e doeu mais ainda saber que eu estava deixando aquele lugar talvez até mesmo sem querer, e saber que aquelas despedidas ninguém queria que acontecessem.
Eu saí daquele lugar com meus olhos cheios de lágrimas, e até deixei algumas caírem pelo meu rosto enquanto eu voltava para casa com aquele papel em minha mão, o papel que me separava do lugar que eu sempre mais amei na minha vida, do lugar onde eu aprendi tudo o que eu sei hoje, e onde eu conheci as melhores pessoas que podem existir. Ainda olho esse papel e meu peito dói, é , eu estou deixando eles, mas eu sei que é o melhor pra mim, que é o melhor para todos. Eu sei que muitos ficarão felizes com a minha saída, e que alguns ficarão tristes, mas foi o melhor, todos sabem que foi o melhor.
Acho que a pior parte foi dar adeus àquelas que sempre foram tão apegada, e ver algumas com os olhos cheios de lágrimas ao me abraçarem e me dizerem tchau, eu sei, eu não vou esquecer de ninguém nunca, eu não me esquecerei dos momentos lá, e de quantas as vezes me ajudaram, me fizeram sorrir, e que sempre estavam ao meu lado, me apoiando, e me ajudando, eu só tenho o que agradecer a todos daquele lugar, que sempre foram tão meus amigos, que sempre me ajudaram tanto. Eu sentirei saudades de vocês, mas sempre terei vocês dentro do meu coração, e as lembranças, eu sei, nos farão sorrir como se ainda estivéssemos juntos.
                                                                                                                             06/12/2010

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.