sexta-feira, abril 29, 2011

Eu sou de fases, mudo a cada instante, às vezes tenho o mesmo humor o dia todo, as vezes sorrio e choro em diferentes horas, por diferentes motivos. Acordo triste, ao meio-dia estou alegre, eu sou de fases, sou de lua, nem eu me entendo as vezes. São sentimentos mútuos, sentimentos mal resolvidos, são os risos que se transformam em lágrimas até o ponto em que não consigo mais nem sequer chorar... É eu acordar e me sentir a pessoa mais feliz do mundo e ao sair de dentro do meu quarto já mudar ao ver que o dia na verdade vai ser um dos piores que já tive, e isso sempre acontece, quando eu noto, sempre acontece, poderia ser diferente, poderia ser mais feliz. Eu mudo de repente, eu sorrio e choro do nada, eu me lembro de coisas, de paixões, de amizades que me fazem bem, ou que me fazem chorar, eu sinto saudades, eu não sou mais um alguém sem sentimentos como muitos pensam, eu tenho sentimentos, eu vivo, não tenho coração de pedra, mas ele também não é de manteiga, eu tenho que saber viver, eu não posso me doar a qualquer um e sair sempre chorando no final da história, eu sou eu mesma, não me modifico por ninguém.

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.