domingo, abril 03, 2011

Decisões...

Eu estou me sentindo uma terrível estranha, até para mim mesma, é como se um vazio enorme tomasse conta de mim, e a cada momento cai mais a ficha de que acabou, mas eu não quero que acabe mesmo sabendo que um fim sempre chegaria, que o fim sempre existiria. Mas ver isso, ver eles dando mais importância pra ela do que para mim, isso as vezes machuca, acho que pelo fato de nós duas não dos darmos certo, sabe aquela história né? Dois bicudos não se beijam e pans, mas mesmo assim, meus olhos se enchem de lágrimas quando eu o vejo falando dela com tanto carinho, ele era pra ser meu melhor amigo, não aquele que se junta àquela que mais me odeia, isso dói :/

Eu tenho tantas decisões a tomar, decisões que mudarão o meu futuro, que vão fazer com que tudo se torne incrivelmente diferentes, ou que façam com que tudo continue de uma mesma forma, eu sei que eu quero algo novo, mas eu não quero perder aquelas pessoas que eu tanto amo, e com isso eu só não sei o que fazer, isso faz com que eu não consiga mais conter as minhas lágrimas, eu queria poder ter uma bola de cristal, ou qualquer outra coisa que me dissesse o que fazer. Eu estou me sentindo angustiada, precisando de um abraço, mas não um abraço comum, eu quero aquele abraço forte que me conforta, que faz com que eu me sinta protegida, eu quero aquele abraço de carinho, de afeto, é um abraço único, que é o único que talvez consiga me confortar agora.

Eu preciso decidir o que fazer, eu preciso descobrir como fazer, como tomar essa decisão, é tão difícil decidir por algo assim tão complicado, eu estou entre o carinho que eu sinto por tantas pessoas e a chance de um futuro melhor, eu sei que eu tenho que escolher pelo que me fará bem, que me fará feliz, e eu sei que é o meu futuro que me deixará imensamente feliz, mas eu sofrerei com a falta daquelas pessoas que eu tanto amo, eu me sinto totalmente confusa, sem saber o que fazer, já são duas noites mal dormidas, noites que passo chorando e relembrando tantos momentos.

[ texto escrito já há algum tempo, e que só agora resolvi postar, mas que ainda faz total sentido :s ]

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.