terça-feira, fevereiro 02, 2010

São as despedidas mais tristes que trazem os reencontros mais alegres;
as lagrimas mais doídas, o sorriso mais verdadeiro;
os amigos mais amigos, a alegria de se viver.
Porque é dando que se recebe;
amar não precisa de regras,
não precisa de medidas,
muito menos de vontade,
A gente simplesmente ama,
sem poder controlar, algo assim tão fora de controle,
e amar faz sofrer, faz chorar, faz sorrir e os olhos brilharem,
porque um amor não tem explicação,
não tem medidas, a gente simplesmente ama,
mesmo as vezes sem nem saber o que amar...

0 comentários:

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.