sexta-feira, março 12, 2010

"... escancarei as portas e deixei o sofrimento entrar. Não me furtei a senti-lo integralmente. E doeu. Doeu tanto que algo não deixava tudo aquilo acontecer de novo."

Não conte a ninguém – Harlan Coben


 

Cada dia que passa sinto mais falta, daqueles abraços de todos os dias, do carinho de sempre, dos amigos, ah os amigos esses sim são os que fazem mais falta, na verdade sempre foi assim comigo, sem amigos, sem alguém pra sentar e conversar, sem poder desabafar...
Eram os melhores abraços aqueles de minha infância, quando não existia o tal sofrimento... Descobri o significado doído dessa palavra, desse sentimento, tão cedo em minha vida. Não, não aprendi a sofrer, mais sim, me acostumei com o sofrimento, esse tal sofrimento que deixou marcas em meu coração, feridas que parecem que nunca serão sanadas, e cada dia que passa a dor aumenta dentro de mim, e não eu não consigo extravasá-la e isso acaba doendo, doendo tanto a ponto de me deixar mais só do que já sou, de me deixar mais triste do que o "normal", e no final eu vou estar assim, sempre assim, sozinha, sem ninguém perto de mim....

Search This Blog

Seguidores

Popular Posts

About Me

Minha foto
Gabrielly
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos,na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional. Calos Drummond de Andrade
Visualizar meu perfil completo
Tecnologia do Blogger.